Posts Em Destaque

Clareamento dental prejudica os dentes?


Afinal, o clareamento dental prejudica os dentes?

São comuns as perguntas a respeito do clareamento dental. As dúvidas mais recorrentes são referentes a indicação e aos métodos de aplicação do clareamento mas, certamente, a dúvida mais comum é se esse tipo de procedimento traz algum dano a estrutura do dente. Antes dessa conclusão, vejamos alguns aspectos sobre clareamento dental:

Eficácia - Existem vários tipos de tratamento para clarear os dentes, porém, em alguns casos, as manchas podem ser removidas somente com profilaxia. De qualquer maneira, a alteração da cor do dente só se consegue com clareamento.

Não existem tratamentos mais ou menos eficazes. Na verdade todos os tipos de clareamento seguem o mesmo princípio: a ação de um gel (peróxido de hidrogênio ou carbamida) em diferentes concentrações, que libera oxigênio, e este altera a cor do dente.

Método - O gel não é abrasivo nem enfraquece os dentes. Quanto maior a sua concentração, mais rápido pode ser o clareamento. Concentrações acima de 20% só podem ser feitas em consultório. O gel nessas concentrações queima as mucosas e necessita cuidados especiais.

Existe também o clareamento caseiro feito com gel de 3,5 a 20% e moldeiras personalizadas. Para apresentar bons resultados, o tratamento caseiro demora em torno de 15 a 21 dias contínuos e o uso do gel e da moldeira varia de 1 a 6 horas por dia. Já o clareamento feito no consultório, com produto altamente tecnológico e de vanguarda, exige de 1 a 3 sessões de cerca de 1h cada sessão e o gel é ativado, sem a necessidade do uso do laser, o que garante alto desempenho estético e integridade da "saúde' dos dentes.

Na Santer, na busca de uma maior excelência no resultado final, aplicamos o método de clareamento denominado técnica mista, que representa uma associação do tratamento com moldeira e o de consultório. Os resultados são incríveis, com excelente ganho estético.

Resultado - O resultado é subjetivo. Cada paciente responde ao tratamento de forma diferente. Não é possível prever ou afirmar quantos tons o dente vai clarear.

Alimentação - Recomenda-se evitar alimentos pigmentados durante o tratamento. No tratamento caseiro é melhor esperar pelo menos duas horas de intervalo para ingerir alimentos como café e refrigerante, por exemplo, para dar tempo de o dente hidratar.

Observações- O que é comum, e até esperado acontecer, é a sensibilidade durante o tratamento, relatada por alguns pacientes durante a realização do clareamento. Essa sensibilidade é facilmente controlada através de vários produtos no próprio consultório e até mesmo gel ou pastas específicas para isso. É importante lembrar, que esta sensibilidade se restringe apenas ao período que é realizado procedimento, portanto, terminado o clareamento os dentes não vai permanecer sensíveis. O grande mito está na idéia de fragilidade do dente, o que é amplamente negado, uma vez que a calcificação já é continuada pela própria saliva.

Conclui-se, portanto, que o clareamento dental não traz nenhum dano ao dente, somente benefícios estéticos para a autoestima, quando devidamente realizado por um Cirurgião-Dentista.

Antes de um clareamento dental é necessária a observação da saúde bucal de cada paciente. Pessoas com retrações gengivais, com sensibilidade, por exemplo, precisam de atenção maior, impedindo a realização do tratamento em casa. Grávidas e lactantes também representam grupo de restrição, juntamente com pessoas muito jovens.


Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square

COBERTURA do Mister Shopping

Rua Mister Moore, nº 70, Salas 703-704

Juiz de Fora-MG 

Tel: (32) 3234-9895 - EPAO-M-4806  

Clinica Santer - Santer Centro Odontológico.   

Waze Santer - 2.png
youtube-button.png
  • facebook-button
  • instagram-button

© 2016 - Santer-  Todos os direitos reservados

Dentistas  Especialistas. Clínica Odontológica Multidisciplinar localizada em Juiz de Fora-MG