Clareamento Dental 

Em Juiz de Fora , a Santer é especialista em clareamento dental de alta performance. Conheça  melhor esse procedimento.

Dentes amarelados envelhecem a aparência em até 12 anos

pngwing.com.png

O clareamento dental pode ser realizado para clarear dentes hígidos, perfeitos, sem nenhuma restauração em resina composta e também em dentes com pequenas restaurações estéticas em resina composta. Porém os géis clareadores não exercem nenhum efeito sobre as resinas ou porcelanas. O tratamento é contraindicado para gestantes. Pacientes com doenças gengivais, cárie ou qualquer outra patologia bucal, necessitam, antes do clareamento, tratar essas patologias.

 

O resultado do tratamento é duradouro. Durante o tratamento, o paciente deve evitar: fumar; ingerir alimentos pigmentados; tomar refrigerantes a base de cola (coca/pepsi), açaí; molhos de tomate e chocolates.  É recomendado, é claro, visitar o dentista regularmente e escovar os dentes depois de cada refeição.

Técnicas aplicadas na Santer
mulher.png

Para a maioria dos pacientes, os dentes podem ser clareados de três maneiras: 

 

1.No consultório: mínimo de duas a três sessões de 60 minutos cada, com géis clareadores específicos e na concentração necessária e segura para esse tipo de procedimento/técnica.

 

2. Em casa, através do uso de uma moldeira pré-fabricada na qual o cliente coloca um gel clareador  específico e na concentração necessária e segura para esse tipo de procedimento/técnica.

 

3. Associação das duas técnicas acima citadas (Técnica Mista). Envolve um conjunto de recursos necessários para um excelente resultado estético. 

Importante salientar que Clareamento Dental a Laser não existe, apesar desse termo/técnica ser erroneamente propagado. Veja o que diz, sobre esse assunto, a professora doutora da USP-SP  Ana Cecilia (@ana.cecilia.aranha no instagram), coordenadora do LELO - o maior centro de pesquisa em Laser em Odontologia do mundo e uma das maiores autoridades mundiais no assunto. 

Clique na imagem abaixo e confira :

clareamento_a_laser_não_existe.jpg